Regional

TJ-SP abre concurso para 845 vagas de nível médio, 5 são em Andradina, veja como se inscrever

Cargo é de escrevente técnico judiciário; salário é de R$ 4.981,71.

O Tribunal de Justiça de São Paulo abriu concurso público para 845 vagas de escrevente técnico judiciário. Os candidatos devem ter nível médio de escolaridade. O salário é de R$ 4.981,71 para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

São reservados 5% das vagas para pessoas com deficiência e 20% para candidatos negros. As vagas são para a Comarca da Capital e para todas as Circunscrições Judiciárias que compõem as 10 Regiões Administrativas.

São 400 vagas para a cidade de São Paulo e 445 para as demais cidades do estado (veja distribuição das vagas abaixo informadas pelo G1).

Entre as atividades do escrevente técnico judiciário estão executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça, dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material de expediente, atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

As inscrições devem ser feitas entre os dias 30 de julho e 2 de setembro pelo site www.vunesp.com.br. A taxa de inscrição é de R$ 79.

O concurso será dividido em duas etapas:

  • Prova objetiva, com 100 questões de múltipla escolha de Língua Portuguesa, Conhecimentos em Direito e Conhecimentos Gerais (atualidades, matemática, informática e raciocínio lógico);
  • Prova prática (formatação e digitação de texto) – nesse caso, serão convocados para a 2ª etapa apenas os candidatos habilitados e com melhor classificação na prova objetiva.

A prova prática buscará aferir o conhecimento e habilidades do candidato, utilizando o editor de texto em microcomputador do tipo PC, em ambiente gráfico Microsoft Windows.

A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 31 de outubro.

Distribuição de vagas

1ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA DA GRANDE SÃO PAULO

  • SÃO PAULO – Capital (sede) – 400 vagas
  • SÃO BERNARDO DO CAMPO – 10 vagas
  • SANTO ANDRÉ – 10 vagas
  • OSASCO – 10 vagas
  • GUARULHOS – 10 vagas
  • MOGI DAS CRUZES – 10 vagas
  • ITAPECERICA DA SERRA – 10 vagas

2ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA

  • ARAÇATUBA (sede) – 20 vagas
  • ANDRADINA – 5 vagas
  • JALES – 5 vagas
  • LINS – 5 vagas

3ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA

  • AVARÉ – 5 vagas
  • BAURU (sede) – 20 vagas
  • BOTUCATU – 5 vagas
  • JAÚ – 5 vagas
  • OURINHOS – 5 vagas

4ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA

  • CAMPINAS (sede) – 20 vagas
  • JUNDIAÍ – 5 vagas
  • BRAGANÇA PAULISTA – 5 vagas
  • MOGI MIRIM – 5 vagas
  • RIO CLARO – 5 vagas
  • LIMEIRA – 5 vagas
  • PIRASSUNUNGA – 5 vagas
  • PIRACICABA – 5 vagas
  • SÃO JOÃO DA BOA VISTA – 5 vagas
  • AMERICANA – 5 vagas
  • AMPARO – 5 vagas

 

  • 5ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA

    • ASSIS – 5 vagas
    • DRACENA – 5 vagas
    • MARÍLIA – 5 vagas
    • PRESIDENTE PRUDENTE (sede) – 20 vagas
    • PRESIDENTE VENCESLAU – 5 vagas
    • TUPÃ – 5 vagas

    6ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA

    • ARARAQUARA – 5 vagas
    • BATATAIS – 5 vagas
    • CASA BRANCA – 5 vagas
    • FRANCA – 5 vagas
    • ITUVERAVA – 5 vagas
    • JABOTICABAL – 5 vagas
    • RIBEIRÃO PRETO (sede) – 20 vagas
    • SÃO CARLOS – 5 vagas

    7ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA

    • ITANHAÉM – 5 vagas
    • REGISTRO – 5 vagas
    • SANTOS (sede) – 20 vagas

    8ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA

    • BARRETOS – 5 vagas
    • CATANDUVA – 5 vagas
    • FERNANDÓPOLIS – 5 vagas
    • SÃO JOSÉ DO RIO PRETO (sede) – 20 vagas
    • VOTUPORANGA – 5 vagas

    9ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA

    • CARAGUATATUBA – 5 vagas
    • GUARATINGUETÁ – 5 vagas
    • TAUBATÉ – 5 vagas
    • SÃO JOSÉ DOS CAMPOS (sede) – 20 vagas

    10ª REGIÃO ADMINISTRATIVA JUDICIÁRIA

    • ITAPETININGA – 5 vagas
    • ITAPEVA – 5 vagas
    • ITU – 5 vagas
    • SOROCABA (sede) – 20 vagas
Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar