Administração Paulo Boaventura (2021 -2024)

Paulo Boaventura torna realidade o Campo Acolhedor voltado para a zona rural

CASTILHO – O prefeito Paulo Duarte Boaventura lançou na manhã deste sábado,24, o maior programa social de sua gestão voltado ao homem do campo. Com mais de 250 hectares preparados para receber o plantio do capiaçu, o programa “Campo Acolhedor” dará segurança a centenas de famílias assentadas garantindo alimento ao gado e trabalho para o ano todo.

A cerimônia do evento ocorreu no sítio Santa Luzia do assentamento Santa Isabel (Capim), propriedade do casal Celso e Tuta. Após discursos das autoridades, foram feitas algumas demonstrações do plantio do capiaçu. Mas também já era feita colheita da “primeira safra” do produto plantado em março deste ano.

Em seu discurso, o prefeito Paulo recordou da época em que trabalhou com a dona do sítio – Tuta, na gestão do saudoso prefeito Adão Severino Batista (1997).

“Eu estava como secretário de Agricultura e ela já estava no poder público e me assessorava. Vivi em 97 um momento que estamos vivendo hoje. O prefeito Adão Severino me deixou no setor e disse que em 4 meses iria comprar um trator para atender os assentamentos. Seria muito difícil atender a todos, mas conseguimos comprar 6 tratores para atender toda a demanda”, relembrou.

Segundo o prefeito, o casal anfitrião do evento foi um grande motivador para o projeto dar certo e acreditou desde o início que o Campo Acolhedor seria sucesso. Destacou ainda que herdou o amor pela agricultura de seu pai, Gabriel Boaventura (em memória), tomando como exemplo o homem que tirou do campo o sustento para seus 10 filhos.

Ao finalizar a fala, Paulinho parabenizou a todos pequenos produtores rurais castilhenses por acreditarem e valorizarem as ações de seu governo. “É possível fazer com que nossa cidade seja destaque no cenário regional por meio dessas políticas públicas”, finalizou.

Quem também compartilhou dessa ideia do prefeito foi Walter dos Santos, assessor do deputado Reinaldo Alguz. Sugeriu que o trabalho saísse de Castilho como referência e anunciou em nome do deputado uma emenda de R$ 350 mil para o executivo investir no campo.

Presente ao evento, o diretor das faculdades Stela Maris, Antonip Roberto Fumagali, disse que o futuro do país está no agro. “Todos nós temos raízes na agricultura ou na pecuária”, destacou.

O secretário de Agricultura José Carlos Justi agradeceu aos parceiros do programa “Campo Acolhedor”, como a usina Viralcool e disse que esse projeto veio para mudar a vida do trabalhador do campo.

Marcos Visual, o vice, disse que era um compromisso de campanha sendo cumprido. Recordou de ter visitado famílias em grandes dificuldades até mesmo com falta de água no assentamento para o devido plantio.

MULHER DO CAMPO – A primeira dama Edileuza Boaventura fez uso da palavra para destacar a importância da figura feminina. “Não existe só o homem do campo. É o homem e a mulher!”, enalteceu.

Reforçou que a mulher levanta de madrugada com o esposo, que é guerreira, que a mulher é a resiliência. Além de dar conta dos afazeres do campo, também batalha em casa com os afazeres domésticos. “Fica aqui a minha gratidão a todas mulheres dos campo”.

Edileuza também aproveitou para prestar breve homenagem ao prefeito. Disse que hoje estava se realizando um grande sonho de Paulo Boaventura e que estar prefeito por 4 anos é ser prefeito 24h também. “Você é um grande homem. Pela sua humildade, seu caráter, sua força e pela sua vontade em fazer as coisas acontecerem em nosso município”, finalizou.

Urubupungá News, foto Grupo Portal

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar