Administração Paulo Boaventura (2021 -2024)

Prefeitura decreta luto por morte de 3 funcionários públicos de Castilho

Luto Oficial não altera o funcionamento dos serviços públicos e atendimento a população.

O prefeito Paulo Duarte Boaventura, por meio do Diário Oficial desta quarta-feira,03, decreta luto oficial em Castilho. Este ato é uma homenagem do Chefe do Executivo a três funcionários públicos municipais que faleceram recentemente.

“Fica declarado luto oficial no Município de Castilho por três dias, em sinal de pesar pelos falecimentos, devendo permanecer hasteadas as bandeiras em meio mastro”, destaca o prefeito no artigo 1º do referido decreto 6.381.

A primeira morte de 2021 foi da servidora Aparecida Cardoso da Silva. Ela morreu no dia 1º de janeiro. Ocupante do emprego público efetivo de Merendeira, dona Cida trabalhou por mais de 20 anos na prefeitura de Castilho. Ela foi contrata em 05 de janeiro de 1998 e estava lotada na Secretaria de Educação, Cultura e Desporto.

No dia 15 de janeiro o município perdeu o servidor público Alailton Raimundo Nascimento. Ele era tratorista há 23 anos e atuava na Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo. Alailton foi contratado no dia 18 de dezembro de 1997, governo do ex-prefeito Adão Severino Batista.

O terceiro servidor, Almir Gomes Moreira, popular Lebrão, faleceu na última segunda-feira,01 de fevereiro. Embora já não fizesse mais parte do quadro ativo de funcionários, Lebrão também foi incluso nessa homenagem do prefeito devido seus relevantes serviços prestados aos ex-chefes do Executivo.

Entre os anos de 2001 a 2014 Lebrão passou pelos governos de Joni (2001/2008 e 2013/2014), e dr. Antonio (2009/2012). Era o principal motorista que os conduzia a São Paulo por conhecer bem a rota e facilitar o cumprimento das agendas nos compromissos marcados. Aliás, Lebrão atuou como motorista desde a época do saudoso prefeito Tito Sampaio, na década de 70.

LUTO OFICIAL – Do ponto de vista prático, o Luto Oficial não altera o funcionamento dos serviços públicos e atendimento a população. Porém, durante esse período é obrigatório o hasteamento da bandeira Nacional a meio mastro, em todas repartições públicas onde há bandeiras hasteadas. As demais bandeiras (município e estado) também permanecem a meio mastro.

UrubupungaNews

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar