Regional

Anuidade da OAB SP em 2021 mantém o mesmo valor pelo quinto ano consecutivo

Assessoria de Imprensa

A OAB SP promoveu, na última segunda-feira (23), sua primeira sessão híbrida do Conselho Secional. Realizado na sede da entidade, o encontro reuniu, presencialmente, cerca de 35 pessoas no auditório, e, virtualmente, outras 110.

Dentre os assuntos em pauta, o de maior destaque foi a aprovação, por unanimidade, da proposta orçamentária para o exercício de 2021, com destaque para a permanência do valor da anuidade em R$ 997,30 – pelo quinto ano consecutivo. O pagamento poderá ser feito à vista, com desconto de 3% até a data do vencimento, ou parcelado, em até 12 vezes, sem desconto. O valor aprovado ficará abaixo do salário mínimo e, considerando índices inflacionários, na opção parcelada, alcançará o valor mais barato dos últimos 15 anos.

A Jovem Advocacia também continuará com a redução de até 50%, de forma escalonada, para quem possui até quatro anos de inscrição na Ordem. Além disso, a suspensão de contribuições anuais das Sociedades de Advocacia, como ocorrido em 2020, também permanece.

Os Conselheiros ainda aprovaram, por unanimidade, as demonstrações contábeis da Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo (CAASP) no exercício de 2019. A retomada do equilíbrio financeiro da CAASP recebeu elogios dos presentes e de quem acompanhava a reunião remotamente.

Sobre a OAB SP

A OAB SP, criada em 22 de janeiro de 1932, é a maior Secional do País com mais de 336 mil profissionais da advocacia ativos, quase 5 mil estagiários e 33 mil sociedades inscritas. Mantém 118 comissões atuantes, entre permanentes e especiais, que desenvolvem importante trabalho de estudo e aperfeiçoamento da legislação, além de zelar pelo advogado (a) e pelos (as) cidadãos (ãs). Com 915 postos de atendimento espalhados por todo o Estado, incluindo as 247 Subseções e 228 pontos de Certificação Digital, a OAB SP promove, com exclusividade, a representação, defesa, seleção e disciplina da advocacia. Ao defender a Constituição, a ordem jurídica do Estado Democrático de Direito, os direitos humanos e a justiça social, contribui com a consolidação das instituições democráticas e da cidadania brasileira.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar