Castilho

Prefeita Fátima transforma ouvidoria em “Fale com a Saúde”

Assessoria de Imprensa

A população castilhense conta agora com um canal oficial de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde. Esta é uma iniciativa da Prefeita Fátima Nascimento até que possa inaugurar oficialmente a Sala da Ouvidoria, uma reivindicação da última conferência municipal da Saúde.

“Criamos a sala e também foi criado o cargo de ouvidor que deverá ser ocupado por um funcionário efetivo após ser aprovado em concurso público. Mas infelizmente com esta pandemia ainda não está autorizada a realização de concurso justamente para evitar aglomerações”, explicou a Prefeita.

Sendo assim, Fátima Nascimento em conjunto com o secretário municipal de Saúde, Mário Henrique Machado, criaram o “Fale com a Saúde”. Por meio do telefone 3741-9609, a população poderá tirar dúvidas, apresentar sugestões, fazer críticas ou até elogios. Este mesmo número também servirá como whatzap.

“Esse canal foi aberto para que as pessoas falem e deixem suas reclamações nos locais certos. Será o canal de comunicação oficial da Saúde. A Secretaria não utilizará nenhum outro meio para interagir com o usuário”, destacou Mário Henrique.

Para ter o atendimento pelo “Fale com a Saúde”, o usuário deverá enviar por meio do whats desse número o nome completo e um documento pessoal. Isso vai oficializar o cadastro da pessoa e também gerará o número de atendimento.

“Quem receber a demanda vai encaminhar ao setor competente dentro da Secretaria e nós teremos até cinco dias úteis para devolver a resposta daquele atendimento ao solicitante”, explicou o secretário.

“Toda demanda será recebido por profissional capacitado e será tratado com total sigilo. Então se a pessoa quiser tirar dúvidas sobre suas consultas ou exames ainda não realizados, poderão até mesmo mandar fotos das guias e encaminhamentos para que a equipe possa responder o quanto antes. Mas ninguém ficará sem resposta”, concluiu.

O secretário de Saúde reforçou que não haverá outro canal de comunicação. Somente atendimento presencial ou por este “Fale com a Saúde”. Devido a pandemia e até mesmo para evitar que as pessoas fiquem saindo de suas residências sem necessidade, ele recomenda que se façam uso do canal telefônico.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar