Regional

Projeto ‘Caminhos do Divino’ promove série de lives nos sábados de julho

Assessoria de Imprensa

O projeto “Caminhos do Divino” (www.caminhosdodivino.com.br), lançado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e realizado pelo projeto Festas Populares Brasileiras, promove a partir deste sábado (11/07), uma série de lives sobre a exposição virtual que revela a Festa do Divino em São Luiz do Paraitinga (SP). As transmissões acontecem de 11 de julho a 29 de agosto, todo sábado, sempre às 10h, no perfil do projeto no Facebook: https://www.facebook.com/caminhosdodivinoexpo/.

Serão oito lives, com temas diversos relacionados a esta importante e tradicional festa da cultura paulista, mediadas pela fotógrafa e autora do projeto Andrea Goldschmidt e pela produtora cultural Vandreza Freiria. Além disso, os encontros terão convidados especiais.

“As lives darão voz às pessoas que pesquisam o tema e que fazem a festa acontecer. Neste ano em que a cidade ficou vazia, sem a alegria dos visitantes, essas conversas serão uma maneira de colocar os interessados em contato com quem luta por manter vivas as tradições culturais populares”, afirma Andrea.

Na estreia, neste sábado (11/07), às 10h, o bate-papo é sobre “Tradições culturais: a importância da festa na vida das pessoas e da cidade”, com a antropóloga Denise Pimenta e o secretário de Turismo e Cultura de São Luiz do Paraitinga, Netto Campos.

“O que tem de mais concreto na tradição é a mudança, o dinamismo. As pessoas reinventam a festa o tempo todo colocando um pouco de si, de suas famílias, de sua origem. O interessante desta transformação é pensar como as pessoas, os festeiros e a comunidade se apropriam de certos elementos novos e inserem na festa a cada ano. A festa é permanência, invenção e transformação, união constante da tradição e da modernidade, dinâmica como a vida”, afirma Denise.

Para Netto, as lives são um espaço importante para debates e conversas acerca da festa, suas tradições, manifestações e desafios. “Esse canal de comunicação e divulgação vai garantir o acesso continuado da população à cultura, contribuindo para estimular sentimentos de reflexão, identidade, sensibilidade, autoestima e pertencimento, essenciais ao fortalecimento e continuidade da festa”, diz Netto.

A programação continua nos próximos sábados, até o dia 29 de agosto. Confira abaixo e já anota na agenda!

A exposição
“Caminhos do Divino” (www.caminhosdodivino.com.br) é uma exposição virtual interativa que pode ser acessada pelo computador, celular ou tablet. O webdocumentário, produzido pela fotógrafa Andrea Goldschmidt e premiado pelo ProAC (Programa de Ação Cultural), é uma obra de arte que retrata as diversas manifestações, danças, músicas, gastronomia, fé, tradição e religiosidade da Festa do Divino em São Luiz do Paraitinga (SP).

Durante a visita, cada internauta pode escolher os caminhos que deseja percorrer, conforme os aspectos que mais o interessam, nas perspectivas da Fé, do Conhecimento e do Turismo. O ponto de partida é o mapa da cidade com oito ícones que representam a festa: a Igreja, o Império, o Afogado, a Cavalhada, a Congada, a Praça, a Procissão de Pentecostes e a Folia.

Em cada um desses lugares, diferentes mídias são disponibilizadas (fotos, vídeos, realidade virtual com imagens 360 graus e animações em realidade aumentada) oferecendo uma experiência personalizada. E o visitante ainda encontra algumas surpresas nesse caminho de descobertas.

Divulgação
SERVIÇO
Programação de lives
Quando: todo sábado, de 11 de julho a 29 de agosto
Horário: das 10h às 11h
Onde assistir:  Caminhos do Divino (Facebook) – https://www.facebook.com/caminhosdodivinoexpo/
11 de julho – “Tradições culturais: a importância da festa na vida das pessoas e da cidade”
Participantes: antropóloga Denise Pimenta e o secretário de Turismo e Cultura de São Luiz do Paraitinga Netto Campos

18 de julho – “A folia e a Festa do Divino”
Participantes: casal de festeiros 2020/2021 Luís Cláudio Saad Cunha (Pé de Galo) e Suelen Bonafé e o folião José Roberto Landim

25 de julho – “Brincadeiras no pouso do Divino”
Participante: músico Amarildo Pereira Marcos

1º de agosto – “Origens e histórias religiosas da festa”
Participantes: teóloga Márcia Molinari Bertolino e os devotos Ana Rosa Moradei e Pedro Moradei

08 de agosto – “Reis do Congo e Império do Divino”
Participante: produtora cultural Marinilda Boulay

15 de agosto – “Origens e histórias culturais da festa”
Participante: historiador e ex-festeiro João Rafael Cursino dos Santos

22 de agosto – “As histórias por trás das Cavalhadas”
Participante: historiadora Esther Rapoport

29 de agosto – “Caminhos do Divino: história e resultados”
Participante: fotógrafa e autora do projeto Andrea Goldschmidt

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar