Andradina

Guto Marão lamenta que colega tenha impedido que compromisso de comerciantes chegasse à prefeita de Andradina

Assessoria de Imprensa

A Câmara Municipal de Andradina foi palco de uma disputa por “visibilidade política” entre os vereadores o que repercutiu negativamente contra um grupo de comerciantes que pretendiam engrossar o pedido de flexibilização do comércio andradinense feito pela prefeita de Andradina Tamiko Inoue.

Um vereador, usando a prerrogativa de “apartear” um requerimento apresentado pelo vereador Guto Marão (PROGRESSISTAS), adiou a chegada de um termo de compromisso assinado por mais de 200 comerciantes que se comprometeram a respeitar termos de uma quarentena para que pudessem reabrir suas lojas.

“Até pedi que ele retirasse o aparte, mas a resposta foi negativa”, disse Guto Marão, que se declarou decepcionado com a postura do colega. “Não agiu contra mim, mas não respeitou um documento de mais de 200 pessoas que só querem colaborar com a prefeitura para flexibilizar suas atividades. Foi lamentável”. Disse Guto.

Entrando na Justiça

O vereador lembrou que esta semana a prefeita de Andradina, Tamiko Inoue anunciou que entrou com ação no TJ/SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo), para que tenha autonomia em editar decretos municipais dentro das competências de seu cargo.

“Creio que ter em mãos um compromisso assinado por comerciantes estaria afinado com os desejos do município e só fortaleceria o movimento da prefeita. Infelizmente essas assinaturas podem não chegar á tempo”, explicou Guto afirmando que colheu as assinaturas para que elas servissem ao bem comum e foi alvo do que considerou revanchismo político.

Guto pretende protocolar o envio das assinaturas para que elas cheguem à mão da prefeita, independentemente do que ocorra na Câmara.

O pedido de Guto

No pedido de Guto Marão ele, além de pedir providências para a flexibilização do comércio ele apresentava o termo de compromisso dos comerciantes no qual esses lojistas ficariam responsáveis pelo compromisso de cumprir as regras contra o Corona vírus.

“Pude verificar que a maioria dos comerciantes já estão aplicando as regras. E que os consumidores também estão cientes dos problemas da pandemia e estão obedecendo as recomendações”, afirmou Guto.

O vereador também sugeria que a prefeitura forneça um adesivo e/ou placa de identificação para a loja que cumpra as regras.

“Segundo a Associação Comercial de Andradina já tivemos mais de 1.000 (um mil) desempregados nesse período e é por esta razão que precisamos nos unir e não nos separar para vencer essa pandemia”, disse o vereador.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar