Ocorrências policiais

Mulher é presa em Andradina por esfaquear outra mulher: Pedido de sexo gerou confusão

A desempregada Fabíola Santos de Oliveira, 28 anos, foi presa pela Polícia Militar na noite de terça-feira (18), em Andradina. Ela é acusada de tentar matar com golpes de faca Aline Cristina da Silva Pinto, 27, depois que brigaram por um pedido de sexo em um bar existente na rua Aquidauana, do bairro Botega.

A reportagem do Paparazzi News apurou que os policiais foram acionados pelo COPOM para atender ocorrência de agressão na rua Aquidauana, no local uma testemunha que é o dono do bar disse que Fabíola havia esfaqueado Aline e fugido para a rua São Ângelo, distante 500 metros do local do crime, onde foi detida.

BUSCAS

A polícia voltou a fazer contato com o proprietário do bar, que contou quando Fabiola havia dado um tapa no rosto da vítima, em seguida ambas foram com destino a um imóvel que tem defronte o comércio, minutos depois a agressora saiu.

A vítima conseguiu sair de dentro do imóvel, perdendo muito sangue. O Corpo de Bombeiros foi chamado e a socorreu até o UPA – Unidade de Pronto Atendimento onde constatou perfurações na cabeça, tórax e na perna direita, permanecendo com seu quadro de saúde grave.

VERSÃO

A detida comentou que a vítima havia provocado a briga e que agiu em legítima defesa sem usar faca. A testemunha relatou que a autora e a vítima brigaram por razão de ciúmes, porque um terceiro nome masculino, namorado de Aline havia sido cantado pela autora, que o convidou para ter relação sexuais, depois a detida deu um soco no rosto, foram para uma casa abandonada onde ocorreu o crime.

PRISÃO

Devido ao estado de flagrância o delegado a enquadrou no crime de homicídio tentado, onde permaneceu presa à disposição da Justiça.

 

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar