Ocorrências policiais

Família de menino que morreu dentro da escola decide doar órgãos do filho em Araçatuba

A família de um menino de 11 anos que morreu depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) dentro da escola decidiu doar os órgãos do filho, segundo informou a Santa Casa de Araçatuba (SP).

Segundo a Santa Casa, o paciente deu entrada com parada cardiorrespiratória, foi reanimado e submetido a uma tomografia. O exame detectou uma hemorragia cerebral.

De acordo com a equipe médica, a hemorragia foi decorrente de uma malformação arteriovenosa. A morte cerebral foi constatada nesta terça-feira (18), às 15h08, após todos os exames do protocolo de morte encefálica.

Os órgãos do menino serão captados nesta quarta-feira. “Ao serem informados desta triste constatação, os familiares responsáveis pelo paciente aceitaram doar os órgãos, mas não autorizaram a divulgação de seu nome”, diz a nota do hospital.

Segundo a Santa Casa, o horário da coleta e os hospitais que coletarão ainda não foram definidos. Mas a Central Nacional de Transplantes já encontrou pacientes compatíveis que estão na fila de espera para receber o fígado, rins e córneas.

De acordo com informações obtidas pelo G1, o menino passou mal na segunda-feira (17) dentro da sala de aula da Escola Estadual Doutor Joubert de Carvalho. Ele estava sentado na carteira, durante a aula, quando avisou a professora que não se sentia bem.

A Diretoria de Ensino de Araçatuba disse que, assim que ele passou mal, foi socorrido pelo Samu e levado para a Santa Casa.

Veja mais notícias da região em G1 Rio Preto e Araçatuba

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar