Cliques do Paparazzi

Criança com febre de 40 graus em Andradina: Tem melhora ao receber no UPA sorvete da Polícia Militar

Um nobre gesto de amor e carinho feito pela Polícia Militar ao comprar na sorveteria Thaty Sorvetes um pote e um picolé de palito no sábado (4), para entregar a uma criança de 2 anos que estava internada na UPA – Unidade de Pronto Atendimento de Andradina (SP), promoveu a melhora e alta do paciente que estava com febre marcando no termômetro 40 graus durante todo o dia.

A reportagem do Paparazzi News apurou que a história começou quando os policiais militares Cristiano Donegati e Marcio dos Santos (cabos), chegaram na unidade de saúde escoltando um sentenciado que poderia ficar em observação.

Diante do tempo em que ficaria no local, o policial Cristiano ficou na escolta cuidando do preso e o seu parceiro Marcio foi andar pelos corredores, momento que em um dos quartos visualizou o Davi Luiz Gatti, triste acompanhado de sua mãe Ângela Maria Gatti, moradores do bairro Castanheira.

“Me aproximei para saber o que ele tinha, a mãe me disse que não sabia o que seria, pois, exames de sangue, urina foram feitos e nada mostrava o foco da febre que batia 40 graus”, recorda Marcio. O militar então promoveu um diálogo com o paciente e de uma pergunta simples do que ele tinha vontade de comer, saiu a resposta em tom baixo “sorvete”, o policial então foi falar com a mãe que mencionou que o pedido havia sido comentado mais cedo, mas ela estava preocupada com a saúde dele.

“Aquele policial apareceu e perguntou se meu filho estava com vontade de algo, aí o meu Davi disse que queria sorvete”, relembra a mãe com risos. O policial Cristiano foi substituído na guarda do preso, foi comprar o sorvete, ao voltar Marcio foi até o encontro do garoto que se deliciou.

Davi é especial desde bebê, com 10 meses ele teve uma queda. Caiu, e teve traumatismo craniano, foi pra Araçatuba, antes da cirurgia o médico disse que tinha um risco muito grande. Que era bem difícil sobreviver. Ou se vivesse ia ter sequelas. Eu e minha família com a nossa fé, acreditamos em Deus e ele hoje está saudável, vive uma vida normal, e uma criança esperta até demais. Enfim Davi é especial desabafou a mãe.

“Fiquei muito feliz com a atitude do policial, se eu visse ele de novo agradeceria, pois hoje em dia e muito bom ver essas atitudes. São diversas coisas ruins que acontecem. E se tratando de um filho a gente fica muito feliz. Davi está bem agora. Sem febre graças a Deus”, concluiu a mãe.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar