Ocorrências policiais

CASAL É ATROPELADO EM PEREIRA BARRETO

Condutor é um policial que estava de folga

Um soldado da Polícia Militar Rodoviária, de 31 anos, (área de São José do Rio Preto), que se encontrava curtindo a sua folga foi preso ao se apresentar na Polícia Civil, depois de atropelar um homem de 47 anos e uma mulher de 48, na tarde de domingo (17), na Praia de Pereira Barreto.

A reportagem apurou que ele vai responder por tentativa de homicídio, atropelamento e embriaguez ao volante, as vítimas estão hospitalizadas, o homem na unidade de saúde local e a mulher foi transferida para Araçatuba (SP), com traumatismo craniano.

DEPOIMENTO
Em sua versão ele diz que na saída da praia foi fechado por populares que bateram no vidro do automóvel, que deu ré, e em seguida desceu para verbalizar com o público e foi agredido. O motivo não foi mencionado.
Não tendo sucesso no diálogo, optou por sair do local a força e acabou atropelando duas pessoas que se recusaram sair, em seguida buscou se alojar para prestar depoimento na Polícia Civil, onde a Polícia Militar foi chamada.

AÇÃO
Apesar da intenção de cooperar com a Justiça, um médico legista precisou ir ao local onde constatou que o policial estava com sua coordenação motora comprometida, o motivo foi a ingestão de bebida alcoólica.

ESCOLTA
O militar ficou à disposição da Justiça e deve ser transferido ao presidio especial Romão Gomes para servidores públicos do Estado de São Paulo.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar