Ocorrências policiais

Universitário que atropelou mulher em Andradina presta depoimento

O universitário Gustavo Pizzo, 29 anos, se apresentou à Polícia Civil de Andradina na semana passada para prestar esclarecimentos sobre o atropelamento de Nayara Cristina Crispim da Silva, 29, que precisou amputar o pé direito após ser atingida por um veículo.

O Paparazzi News contatou o advogado de defesa Gustavo Barbaroto Paro. Segundo ele, Pizzo disse em depoimento que transitava na rua Pereira Barreto sentido centro quando sentiu uma batida, contudo não soube informar se foi em um carro, objeto ou uma moto. Em seguida, alegando receio, foi para casa. A caminhonete Hilux foi periciada.

O delegado Raoni Spetic falou com a reportagem por telefone e disse que o estudante vai responder pela lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e pela omissão de socorro. Após a conclusão do inquérito, o caso será encaminhado para a Justiça.

O Paparazzi News apurou que a família Pizzo já está prestando assistência à vítima, inclusive do tratamento de saúde.

O CASO

Nayara trafegava em sua moto quando no cruzamento das ruas Pereira Barreto com Paranapanema, Vila Mineira, foi atingida por uma caminhonete, que a arrastou e em seguida sumiu do local sem prestar socorro.

A unidade de resgate do Corpo de Bombeiros prestou os primeiros socorros com a vítima caída na calçada. Com suspeita de fratura na tíbia e fíbula, ela foi encaminhada para a UPA – Unidade de Pronto Atendimento.

Em seguida foi transferida para a Santa Casa, onde foi constatado trauma grave e necessária a amputação do pé direito. Pizzo cursa agronomia.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar