Andradina

É BICHO DA NOSSA FAUNA: CORUJA BURAQUEIRA!

Andradina através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente instala placas de orientação e conscientização sobre a Coruja Buraqueira no Residencial Alto dos Ipês. Como seu próprio nome diz, é uma espécie terrícola, nidifica no solo, seja em buracos abertos por ela mesma, ou, seja abandonado por tatus, e readaptados pela coruja, se alimenta de pequenos répteis, roedores, insetos e até mesmo escorpiões. A fêmea bota entre 7 á 9 ovos, com incubação de 28 á 30 dias, o macho é responsável por proteger o ninho e procura alimento para a fêmea e para os filhotes, por volta de 14 dias após o nascimento, os filhotes já se aventuram na saída do buraco, apenas depois de aproximadamente 50 dias, os filhotes abandonam o ninho.

A coruja buraqueira é um animal muito presente em ambientes urbanizados como nos novos loteamentos, assim, visando a conservação da espécie e em orientar a população da importância de preservar nossa fauna, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente realizou um levantamento dos ninhos de corujas buraqueiras nos canteiros do Residencial s, os ninhos foram identificados com as respectivas coordenadas e serão acompanhados pelos técnicos da Secretaria.

“É de extrema importância que os munícipes, em especial os que residem em áreas próximas dos ninhos, compreendam a importância de preservar as espécies da nossa fauna, as corujas buraqueiras são ótimas predadoras de insetos, mantendo um controle biológico do meio, é importante identificar se possui ninhos antes de construir em um terreno, se possuir ninhos da coruja, deve-se aguardar o período de incubação e saída dos filhotes” destaca o coordenador de projetos ambientais Adriano Denuncio.

Preserve nossa fauna! Maltratar animais silvestres é crime ambiente previsto no artº29 da Lei de crimes ambientais Nº 9.605. (As informações são da SECOM).

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar