Castilho

Leishmaniose preocupa autoridades de saúde em Castilho

G1

Autoridades de saúde de Castilho (SP) estão preocupados com a leishmaniose na cidade. Uma pessoa já morreu neste ano por causa da doença e 12% da população de cães da cidade, quase 300 animais, já foram diagnosticados com a doença.

De acordo com a prefeitura, Castilho teve neste ano 271 cães com a doença e outros 200 casos estão em investigação, com material colhido e enviado para o Instituto Adolfo Lutz, em Araçatuba (SP).

A vítima que morreu era um homem de 45 anos, que tinha outros problemas de saúde, mas a causa da morte foi a leishmaniose, de acordo com a prefeitura.

Por causa dos casos, a Sucen se reuniu com a prefeitura para fazer manejo ambiental, com agentes percorrendo os bairros e orientando os moradores para fazer limpeza, retirada de material orgânico, resto de podas de árvores, frutas, tudo para não atrair o mosquito-palha.

A prefeitura deverá passar nesta semana para recolher os materiais.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar