Ocorrências policiais

Júri de advogado morto na frente do correio em Castilho acontece nesta quarta-feira

Paparazzi News

O salão do fórum de Andradina será palco nesta quarta-feira (13/2) do júri popular em que vai decidir pela condenação ou absolvição do sindicalista de Araçatuba (SP), o réu Albertino Augusto de Jesus, 59, que se encontra preso na penitenciária local.

Ele é acusado de matar o advogado de Franca (SP) Renil Suavinha Nascimento, 59. O crime aconteceu em Castilho no ano de 2016. E ele foi preso uma semana depois na Rodovia Marechal Rondon pela Polícia Rodoviária.

O CRIME
Ele foi atingido por um tiro no pescoço em frente à agência dos Correios de Castilho (SP) e, pela gravidade do ferimento, não resistiu, o crime foi por volta de 14 horas, Nascimento estava na avenida Getúlio Vargas, perto de seu escritório, quando Augusto, se aproximou.

Uma discussão teve início e o suspeito, exaltado, pegou uma arma que mantinha escondida na cintura e atirou uma vez, antes de fugir. Há a informação de que ele tenha escapado em um Toyota Corolla de cor escura.
O advogado sindicalista, que atuava na região, caiu e testemunhas pediram ajuda. Mas já era tarde demais. Ele morreu antes mesmo de ser levado para o hospital.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar