Cliques do Paparazzi

Médico andradinense classifica a concessionária Via Rondon inimiga dos ciclistas

Paparazzi News

O médico ortopedista João Miguel Amorim, ciclista e morador de Andradina ao utilizar a ouvidoria da concessionária da Rodovia Marechal Rondon (SP-300), foi orientado como ciclista que deem preferência as vias que possuam ciclofaixas.

O Paparazzi News apurou que surgiu essa sugestão após Amorim relatar que a rodovia de Castilho, Andradina e a frente para o esporte é um lixo. Em resposta a ouvidoria escreveu “agradecemos o contato e informamos que o acostamento ao longo da via encontra-se em bom estado para o fim que se destina, ou seja, a parada emergencial de veículo, e a limpeza é feita de acordo com as especificações de nosso contrato de concessão”.
Ela completa indicando aos ciclistas que seja dado preferência as vias que possuam ciclofaixas.

Em sua visão Miguel classifica que ela é concessionária é uma inimiga do ciclista, “inimiga da vida dos ciclistas de são paulo”, afirmou. Em sua rede social outros comentários de internauta surgiram, Giuliano Berbel escreveu, eles esquecem quem está em cima de uma bicicleta é um motorista, falta de respeito com todos os ciclistas.

Alex Evangelista completou dizendo “está na lei no artigo 54 ciclistas devem circular pelo acostamento se acaso o tiver, mais que jeito se está cheio de buracos”. “Isenção de responsabilidade ou negligência, afinal ciclistas tem carros, pagam IPVA e pedágio”, desabafou Rafael Dourado. Amorim concluiu iniciando protestos pelas redes sociais usando a hashtag #foraviarondon.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar