Regional

Hospital veste bebês prematuros de super-heróis em campanha de conscientização

(Fonte: Sbt Interior)

O dia ​17 de novembro ​é marcado pelo Dia Mundial da Prematuridade. A data conta com campanhas de conscientização, já que​ a prematuridade atinge 15 milhões de crianças em todo o mundo.

Para ser considerado prematuro, o bebê deve nascer antes da 37ª semana de gestação. O parto antecipado pode acontecer em casos de o bebê ter pulmões imaturos, dificuldades de regular a temperatura corporal e ganho de peso lento.

Pensando na data, o hospital Unimed de Araça​​tuba decidiu realizar uma campanha de conscientização para ressaltar a importância da assistência médica adequada aos bebês, e a prevenção do parto prematuro por meio do pré-natal em alguns casos.

Em homenagem aos familiares e aos pequeninos, todos os bebês que nascerem prematuramente no mês de novembro serão vestidos com capas do Batman e Mulher-Maravilha, além de participar de uma sessão fotográfica com as mamães, também vestidas de super-heroínas.

De acordo com o médico pediatra Roberto Castilho Pereira, o ato mostra a luta dos bebês para sobreviver.

“É um reconhecimento por esses esforços dos bebês prematuros, que são verdadeiros heróis na sobrevivência, e as mães heroínas que se dedicam incansavelmente para cuidar do prematuro com auxílio da equipe do Hospital”, conta.

ALÍVIO

Para Sabrina Brunete, mãe da pequena Alice​,​ que nasceu com 36 semanas, é um alívio ver todo o cuidado da equipe do hospital com os bebês.

“A Alice e os outros bebês até podem ser pequenos, mas têm muita força para viver. Com a atenção e o carinho da equipe do ​h​ospital, ela se desenvolve mais, e para nós é um alívio ver esse cuidado”, comenta.

Outra mãe disse que ver o filho de super-herói mostra que ele é um guerreiro.

“Sentimos uma alegria muito grande depois de tudo que o Matheus passou ao nascer com 35 semanas, e isso nos ajuda a continuar, pois ele é um guerreiro”, afirma Camila Corassa.

Ainda para o médico pediatra, o ato é como uma preparação das famílias para receberem os pequeninos.

“É muito importante aproveitar para conscientizar sobre a prematuridade, envolvendo a equipe de saúde e os familiares para que todos fiquem preparados para receber essa criança” destaca o ​especialista.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar