Castilho

Hospital de Castilho voltará receber R$ 250 mil de repasse da prefeitura

Fonte: Assessoria Executiva

A Prefeita Fátima Nascimento voltará a repassar R$ 250.000,00 ao hospital e maternidade José Fortuna de Castilho. A partir deste mês de novembro, a Chefe do Executivo voltará a repassar mensalmente à instituição R$ 250 mil. Dos quais, R$ 189 mil serão pagos diretamente à entidade (como recomendou o Ministério Público em setembro deste ano) e o restante de R$ 61 mil serão depositados em juízo, uma vez que o hospital não está executando os serviços contratados na sua plenitude.

“Os serviços estão abaixo da necessidade da população castilhense, cujo valor é superior ao que estão praticando nos procedimentos médicos hospitalar.”, avalia Mário Henrique Machado, membro da comissão que monitora a execução da parceria entre Prefeitura e “José Fortuna”.

Segundo Mário, só em danos morais por erro médico, o Hospital foi condenado a quase dois milhões de reais. “Mas a Prefeitura – por ser o principal órgão de repasse dos valores, é quem na verdade está condenada a pagar tal montante”, explica.

Para a Prefeita, ainda que o hospital não cumpra integralmente com sua parte conforme estabelecido na parceria, a Administração não pode virar as costas à entidade.

“Sabemos da importância que tem este hospital para o município e do quanto ele necessita de recursos para continuar seus trabalhos. Com esse gesto, vou atender o apelo da diretoria que por sua vez também precisa se comprometer em melhorar o atendimento a nossa população.”, comentou Fátima.

De acordo com a Prefeita, o ano de 2018 é – sem dúvida, considerado um dos mais difíceis dos últimos dez anos para o gestor público castilhense. Além de ver a receita do município cair drasticamente, Fátima Nascimento se viu obrigada a pagar uma multa milionária (precatórios), que foi contraída em governos anteriores. Ela citou os mais de R$ 3 milhões de reais a título de indenização que deverá ser paga até 31 de dezembro deste ano.

“Vamos pagar em respeito a Lei e cumprir ordem judicial. Mas esse valor poderíamos investir em várias outras áreas de Castilho. Com esses três milhões de reais daria prá recapear todas as ruas da cidade, como recapear nossas estradas rurais da Primavera, do Pontal que liga as nossas pousadas turísticas e ainda daria para renovar boa parte da nossa frota da Secretaria de Obras”, concluiu a Prefeita.

Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar