Ocorrências policiais

Caçada por último sentenciado permanece: Trio já foi detido na carona de trem

A caçada pelo último sentenciado Jhonathan Robson Adão continua viva pela Polícia Militar do Estado de São Paulo em apoio ao Estado de Mato Grosso do Sul desde a última quarta-feira (14), em que quatro presos conseguiram fugir do presídio de segurança média de Três Lagoas (MS).

José Carlos Machado foi capturado no bairro Jupia. Foto: Divulgação.

Na madrugada desta sexta-feira (16), os frutos das prisões pelos condenados recapturados foram sendo alcançados, o primeiro a ser reconduzido ao sistema penitenciário foi José Carlos Machado Gomes, o Maranhão, ele estava no Projeto Jupiá, que divide Castilho (SP) e Três Lagoas (MS). A Polícia Militar recebeu uma denúncia, a equipe do sargento R. Gomes com apoio de agentes disfarçados conseguiu fazer a prisão no bairro Santa Rita onde ele recebia abrigo. Com sua detenção ele entregou que os companheiros da fuga estariam na linha férrea da ponte de ferro.

 

Reinaldo Clemente da Silva estava escondido debaixo de vagão de trem. Foto: Divulgação.

No decorrer do dia Reinaldo Clemente da Silva e Jhonathan Robson Adão, foi avistado como passageiro de um trem de carga por um policial de folga e mobilizou o policiamento para a pacata cidade de Lavínia. Um cerco foi feito pelo soldado De Melo e Nascimento, que após brecar a locomotiva encontrou o Reinaldo debaixo do vagão continuando a fuga, ele foi detido, mas ainda tentou nova fuga, veio danificar o vidro da viatura ao dar uma cabeçada.

 

 

José Vidal foi o terceiro preso em ação da polícia. Foto: Divulgação.

No final da tarde por Guaraçaí o militar Sandro, deteve José Vidal Silva, dando fuga aproveitando carona no vagão de trem no sentido Murutinga do Sul até Guaraçai. Ele foi avistado sem camiseta, foi abordado, reconhecido e preso após checar no sistema.

Fonte
Paparazzi News
Mostre mais

Artigos relacionados

Fechar